O absurdo
por Larissa Prado
CapaCapa
TextosTextos
┴udios┴udios
E-booksE-books
PerfilPerfil
Livros Ó VendaLivros Ó Venda
ContatoContato
LinksLinks
┴udios

A pior ressaca
Data: 09/12/2018
Créditos:
Poesia: A pior ressaca - Larissa Prado
Voz: Leandro Aguilar
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


A pior ressaca

O pior tipo de ressaca é a do sofrimento,
que deixa essa vaga sensação,
inconsciente,
de que algo possa ter sido
bom.

O pior tipo de ressaca é
a própria sede de
lágrimas insaciáveis.
O torpor pós-sono da perda.

O pior tipo ressaca é a
fome de vida, é a
insuficiência desse tipo de morte,
que não mata, mas não deixa
viver.

O pior tipo de ressaca é
a dor que nunca acaba,
mas diminui
se tornando apenas
um espinho enraizado
na carne viva.
Enviado por Larissa Prado em 19/11/2016

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.